ARTIGOS

Você está em - Home - Artigos - Translucência nucal e comprimento cabeça-nádega em gestações gemelares com fetos cromossomicamente anormais.

Translucência nucal e comprimento cabeça-nádega em gestações gemelares com fetos cromossomicamente anormais.

Foram examinados retrospectivamente o CCN-TN e de cada feto em oito gravidezes duplos em que cariotipagem na gestação de 10 a 14 semanas de demonstraram que, pelo menos, um dos fetos cromossomicamente anormais foi. Oito fetos de trissomia do cromossomo 21 e dois tiveram trissomia 18. A espessura da TN foi mais do que 2,5 mm de nove (90%) dos fetos trissômicas e em um dos cromossomicamente normais. Em contraste, o comprimento da coroa-nádega estava abaixo do quinto percentil em apenas um dos fetos com trissomia 18, todas as outras medições estavam dentro da gama normal.

Fonte: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/7474052

VEJA TAMBÉM:



Texto Original

We retrospectively examined the crown-rump length and nuchal translucency thickness of each fetus in eight twin pregnancies in which karyotyping at 10 to 14 weeks' gestation demonstrated that at least one of the fetuses was chromosomally abnormal. Eight fetuses had trisomy 21 and two had trisomy 18. The nuchal translucency thickness was more than 2.5 mm in nine (90%) of the trisomic fetuses and in one of the chromosomally normal ones. In contrast, the crown-rump length was below the fifth percentile in only one of the fetuses with trisomy 18; all other measurements were within the normal range.

VEJA TAMBÉM: